Conheça os 12 motivos para você ser anglicano reformado

Uns anos atrás, li um texto nas redes sociais intitulados, “12 razões para ser presbiteriano”. Aquilo me fez pensar as razões que me levaram até a igreja anglicana. Percebi então que ser anglicano reformado é simplesmente um jeito particular de ser cristão. Nem melhor nem pior, simplesmente é o nosso jeito de viver a fé em Cristo no Século 21.

Neste artigo, você encontrará algumas das razões pelas quais escolhi trilhar minha vida cristã na tradição Anglicana, especificamente na Free Church of England. Você descobrirá que as igrejas anglicanas têm uma diversidade saudável nelas, mas que também compartilham em comum doutrinas, orações e o Episcopado. Pode ser que isso incomode alguns irmãos que desejam uma identidade mais nítida, porém, é uma alegria ter unidade nas questões essenciais e claramente ensinadas na Bíblia, e diversidade nas questões secundarias, além de amor e compreensão em todas as questões.

O motivo principal deste artigo é simplesmente fazer um convite para que você conheça melhor o Anglicanismo. Eu acreditou que as igrejas anglicanas oferecem uma fé Cristã madura, uma exposição clara da sã doutrina, e uma vida em comunhão plena com Deus e uns com os outros. Juntamente com as outras igrejas cristãs, somos parte da Santa Igreja de Cristo. Não somos exclusivistas, nem sectários, tão pouco fundamentalistas. Somos homens e mulheres que desejam viver juntos como família cristã, e crescer no conhecimento e na graça do nosso Senhor, Jesus Cristo.

ASSIM, convidou você a se tornar anglicano reformado…

1º RAZÃO: por causa da catolicidade da Igreja de Cristo, e a ortodoxia cristã presente nas doutrinas da Igreja Anglicana Reformada do Brasil (Free Church of England). As doutrinas dos credos universais a respeito da Trindade são mantidas fiéis nos cultos das igrejas anglicanas. Os credos Apostólico, Niceno, Atanasiano e o de Calcedônia são confessados e ensinados como representação fiel da fé cristã. A tradição Anglicana está ligada historicamente aos primeiros cristãos. Nossos bispos são sucessores históricos dos Apóstolos e dos primeiros bispos da Igreja. Os anglicanos reformados somos herdeiros das doutrinas apostólicas da igreja primitiva.

2º RAZÃO: por causa dos princípios protestantes presentes nas maravilhosas doutrinas da graça. Os Cinco Solas (Somente a Escritura, Somente a Fé, Somente Cristo, Somente a Graça e a Gloria Somente a Deus) são encontrados integramente na vida da Igreja Anglicana Reformada do Brasil (Free Church of England). A Bíblia está no centro da tradição Anglicana, incluindo a suficiência das Escrituras, a leitura bíblica dominical e a pregação da Palavra. As orações são extraídas da própria Bíblia Sagrada.

3º RAZÃO: por causa da originalidade da nossa herança e identidade. Os anglicanos reformados somos fruto direto do movimento da Reforma Protestante, do avivamento de George Whitefield, e do movimento evangélico que foi perseguido por bispos que promoviam práticas e ensinos errôneos. Como representação oficial de nossas crenças adotamos os 39 Artigos da Religião (e o Catecismo), e o Livro de Oração Comum como a mais perfeita representação do culto cristão.

4º RAZÃO: por causa da centralidade de Cristo e da ênfase na Santíssima Trindade encontradas no jeito anglicano de cultuar. Os Credos e as orações são focados na Trindade, e centrados na Pessoa de Cristo. Os cultos da igreja anglicana seguem o exemplo das primeiras igrejas cristãs. Nós adoramos ao Senhor na beleza da Sua Santidade. No culto, ministramos a pregação da Palavra e a celebração dos sacramentos.

5º RAZÃO: por causa da teologia bíblica presente em nossas igrejas. O Anglicanismo não tem doutrinas distintivas ou extravagantes, nem novas revelações. As igrejas anglicanas abraçaram a catolicidade e a ortodoxia da igreja primitiva, “acreditamos e ensinamos aquilo que foi crido em todo lugar, em todo tempo e por todos”. Apenas eliminamos doutrinas falsas e práticas errôneas, por contrariarem as Sagradas Escrituras, que foram adotadas ao longo do tempo pela Igreja Católica Romana. Tomamos muito seriamente o estudo da Palavra de Deus e examinamos tudo à luz das Escrituras.

6º RAZÃO: por causa da espiritualidade anglicana e seu desejo de viver conforme a vontade de Deus. Aprendemos em comunidade a ser discípulos de Cristo e viver no poder do Espírito Santo. Isto está refletido na vida devocional da Igreja Anglicana, por exemplo, na leitura comunitária da Palavra de Deus e a declaração dos Dez Mandamentos que nos mostram o estilo de vida que somos chamados a viver para a glória de Deus e em benefício do próximo. A oração nas igrejas anglicanas forma os padrões da vida devocional e procura do nosso Senhor, Jesus Cristo.

7º RAZÃO: por causa do sistema de governo anglicano. A Igreja Anglicana possui bispos que são pastores e mestre da Igreja de Cristo. Contudo, eles não são presidentes, nem possuem poder absoluto. Seguindo o exemplo da igreja primitiva, somos governados por um sistema representativo, eleito pelos membros da própria igreja. Não há presidência absoluta; não existe uma pessoa “mandando na Igreja”, ainda que haja bispos que cuidam do rebanho de Cristo, ensinam as Escrituras e presidem as reuniões visando ordem e decência. Apenas os Conselhos da Igreja determinam, por maioria de voto, as decisões da Igreja. A estas, mesmo os Bispos se submetem.

Os Conselhos que gerem o governo da Free Church of England, são: a Junta Paroquial, responsável pelo governo da igreja local. O Sínodo Diocesano, responsável pelo governo das Igrejas de certa região ou nação. E a Convocação Anual, que tem por dever governar a Igreja em todo o mundo.

Formado por representantes de todas as congregações, o plenário é composto majoritariamente pelos leigos da igreja, e também pelos ministros ordenados. E suas decisões são soberanas. As reuniões e assuntos tratados na Convocação e no Sínodo Diocesano são públicos, podendo ser verificados por todos através das publicações oficiais da Igreja.

8º RAZÃO: por causa da seriedade do nosso trabalho. A Free Church of England, apesar de ter pessoas falhas e imperfeitas em suas fileiras e liderança, tem mostrado um desejo de servir ao Senhor, inclusive com grande sacrifício por parte dos seus ministros e membros; isto tem dado um bom nome no Brasil e no mundo. Nossa dedicação e trabalho tem levado a outras pessoas a reconhecer-nos como uma igreja séria. Obviamente existem outras denominações e igrejas que são exemplos de seriedade e santidade.

9º RAZÃO: por causa da nossa diversidade em amor. Apesar de sermos uma igreja internacional, com raízes no Velho Continente, temos um amor especial pelas diferentes línguas, povos e nações. Temos celebrado a diversidade cultural e valorizamos os costumes e suas manifestações culturais locais, desde que não firam princípios bíblicos. Essa diversidade se manifesta, por exemplo, em nossa forma de adoração, na música, na produção cultural e intelectual, e assim por diante.

10º RAZÃO: por causa dos nossos pecados e imperfeições. Não somos perfeitos! Entretanto, temos aprendido com os erros e ainda estamos crescendo e sendo transformados a cada dia. Não há entre nós ‘ares’ de superioridade ou perfeição. Todos necessitamos da graça e do amor de Deus. Ainda acontece entre nós os mesmos problemas que havia na igreja do Novo Testamento. Isso acontece, infelizmente, pois ainda não somos “santos”, por mais que tentamos seguir o exemplo de Cristo e ter uma vida santa. Todos somos dependentes do poder e da graça do Espírito Santo para sermos feitos a imagem de Cristo.

11º RAZÃO: por causa da nossa rejeição ao liberalismo teológico, e também ao fundamentalismo religioso. Rejeitamos em gênero, número e grau, as falhas doutrinárias e as práticas presentes nesses movimentos. Desejamos viver em comunhão e em unidade com todas as igrejas cristãs que desejam expandir o Reino de Deus, pregar o evangelho à todas as nações, e que confessam Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

12º RAZÃO: por causa do nosso jeito de ser. Somos apaixonados pela missão e amamos as pessoas. Você não precisa ser perfeito, nem ter todas as respostas. Desejamos viver o evangelho e proclamar as boas novas entre todas as nações, a começar pelos nossos lares, pelas cidades onde moramos, em nossa maravilhosa nação, e entre todos os povos do mundo. Seja parte deste caminho que transformará sua vida para sempre.

Os anglicanos reformados desejamos seguir o exemplo de Cristo, como os seus discípulos. Por esta razão, te convidamos a conhecer a Igreja Anglicana Reformada, somos a Diocese Sul-americana da Free Church of England. Te esperamos, e será uma alegria te receber para adorar juntos ao nosso Senhor, Jesus Cristo.

Nota – Este texto não é uma ideia original do autor, está baseado a partir de outro texto com o título, “12 razões para ser presbiteriano”.

Autor – Bispo Josep M. Rossello