Loading...

Bem vindo a Diocese Sul-americana

Somos a Free Church no Brasil e na Venezuela. Nós somos uma família, onde homens e mulheres, jovens e adultos, vivem juntos na Santa Igreja, a Igreja de Cristo.

Amamos a Deus, por isso Ele ocupa o primeiro lugar em todo o que fazemos. Amamos as pessoas, por isso compartilhamos o evangelho de Jesus, fazemos discípulos e desenvolvemos missões em vários países, porque Deus nos mudou com Seu amor e pelo poder do Espírito Santo, acreditamos que Deus deseja mudar o mundo. Por esta razão, somos uma igreja fiel a Palavra, atuando como embaixadores do Reino nas cidades em que estamos inseridos.

Nosso maior desejo é adorar e aprender mais sobre nosso Senhor, Jesus Cristo, e ser feitos mais a imagem dEle. O foco central da nossa adoração é Jesus, e nós buscamos proclamar Sua vida, morte e ressurreição. Porque a Bíblia é a Palavra de Deus, tem uma lugar único nas nossas vidas. Em cada culto e celebração, é lida e explicada as Escrituras pelo Ministro. Nós compartilhamos a mensagem de Jesus com todos e mostramos nosso amor e compaixão de forma prática no dia a dia.

0

Nós existimos para avançar o Reino de Deus; proclamar o evangelho; apoiar as congregações locais; plantando novas igrejas; e viver o poder transformado de Deus através destes objetivos.

É nossa missão apostólica capacitar todo o povo anglicano reformado para ser efetivos embaixadores de Cristo na Igreja e no mundo.
Revmo. John Fenwick • Bispo Primus

A Free Church é…

O que significa ser “Evangélico”? Esta palavra tem sua origem no grego euangelion, que se traduz Evangelho, ou (literalmente) Boas Novas; Assim, ser evangélico é crer no poder do Evangelho para mudar a vida de cada pessoa. É o desejo de proclamar as Boas Novas de Cristo em palavras e ações, é viver e adorar de acordo com o Evangelho, assim mudamos o mundo.

A Free Church está alicerçado e centrado no Evangelho. E o Evangelho encontra-se no centro da Liturgia Antiga, da Vida no Reino e do Governo Apostólico. Nossa liturgia é vida e oração, comunidade e comunhão, centrada no Evangelho e em Cristo, dando forma à doutrina da graça e a fé em Jesus Cristo.

A Salvação, pois, é um dom maravilhoso de Deus, independentemente de nós, e baseia-se somente no amor de Cristo expressado na Sua morte na Cruz. Confessamos Jesus Cristo, assim recebemos a nova vida pela fé e começamos a explorar a vida plena, aqui e agora.

Acreditamos, portanto, que é responsabilidade de cada pessoa que tem sido mudada pelas boas novas de Cristo, acreditar que Deus quer mudar o mundo através da sua vida, procurando fazer discípulos de Cristo e vivendo a nova vida na manifestação do Reino de Deus, a Santa Igreja de Cristo.

Temos sido criados para adorar ao Senhor na Santidade do Seu Nome. O povo de Deus, a Santa Igreja de Cristo, é congregada para servir ao Senhor. Isto é o significado da palavra liturgia. Nos acreditamos que o poder de mudar o mundo, não surge de nós, mas o mesmo Espírito Santo que tem agido de forma miraculosa em cada geração. A Igreja de Cristo sempre foi uma igreja litúrgica, até mesmo no Novo Testamento, com referência a adoração cristã. Assim, dizemos hoje que Liturgia é a forma que nos forma a imagem de Cristo através do culto ao Senhor. Nos faz autênticos adoradores em espírito e verdade. O culto cristão é um estilo de vida que tem suas raízes no Antigo Testamento, vivido nas Sinagogas, e transformado no Novo Testamento. A Liturgia tem moldado o padrão de culto da Igreja através dos séculos. Os Salmos de Davi são uma forma de culto litúrgico que era praticado no Templo de Jerusalém. Jesus deu aos seus discípulos uma forma simples de litúrgica quando os ensinou o “Pai Nosso”, e também ao instituir a Ceia do Senhor, na noite em que foi traído. No Apocalipse, nos é revelado um culto diante do Trono de Deus, e é claramente litúrgico.

O culto cristão nos dá uma maior segurança de que tudo seja feito com “ordem e decência”, como o apóstolo instruiu a Igreja, mas isso não significa que seja sem vida, nem espírito. O verdadeiro culto ao Senhor evitará erros do Ministro, ou pelo grupo de música ou por outras pessoas, pois assegura que todos os cristãos participem juntos do culto de adoração, louvor e ação de graças a Deus.

A Free Church segue o padrão litúrgico adotado pela Igreja da Inglaterra nos dias da Reforma. Encontra-se em conformidade com a Bíblia, e foi compilada por Cranmer, Ridley e outros Reformadores Ingleses, contando ainda com a ajuda de grandes teólogos reformados como Martin Bucer, Pedro Martyr, John Knox, dentre outros.

Os Bispos são os sucessores dos apóstolos. Sua missão é manter viva a missão e mandato apostólico, a doutrina e tradição dos apóstolos, e a igreja apostólica. O bispo exerce sua autoridade apostólica sobre um grupo de congregações locais de uma determinada região. O Bispo é escolhido entre os Presbíteros da Igreja e consagrado ao ofício de Bispo. Na Free Church, o Bispo exerce a função do pastor principal da igreja, cuida e mentoreia os presbíteros, defesa a doutrina e promove a visão e missão. As funções de supervisão e de administração da Confirmação e Ordenação estão investidas somente no Bispo.

Os Bispo têm a Sucessão Histórica, e reconhecemos o Episcopado como uma forma desejável, antiga e apostólica de governo da Igreja de Cristo. Nossos Ministros (Bispos, Presbíteros e Diáconos) são ordenados e consagrados pelos Bispos. Por Sucessão História queremos dizer a linha de sucessão entre nossos Bispos hoje e os Bispos dos primeiros séculos da Igreja, chegando até o próprio Jesus.

Seguindo o padrão do Novo Testamento, nossos Bispos são, primeiramente, Pregadores, Pastores e Superintendentes de suas dioceses; eles não são meros “administradores” ou “facilitadores”.

Relações com outras igrejas Cristãs

A Free Church of England tem um Episcopado comum com a Reformed Episcopal Church.

Anglican Church in North America tem plena comunhão com Igreja Livre da Inglaterra.

A FCE participa como membro de GAFCON UKFree Churches Group, e Churches Together for England.