Anglicanismo e Casamento Gay

COMUNICADO OFICIAL

Foi com grande tristeza, dor e indignação que recebi a notícia de que a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (IEAB) tomou a decisão de mudar sua liturgia e cânones para permitir a celebração do matrimônio homossexual.

Algumas semanas atrás, fiquei abismado com um artigo publicado pela revista Veja, no qual a Catedral Anglicana de São Paulo contava a história do seu clero, e promovia uma noção errada do amor.

Diante de tais notícias, se faz necessário um comunicado público da Igreja Anglicana Reformada do Brasil, a Diocese Sul-Americana da Free Church of England (FCE): a maioria dos Anglicanos ao redor do mundo rejeitam, juntamente conosco, qualquer noção de matrimônio que não seja entre um homem e uma mulher, em conformidade com a Resolução 1.10 da Conferência de Lamberth de 1998 e as próprias resoluções da FCE .

Entendemos que a graça de Deus não deve ser compreendida como permissão para o pecado. O próprio Jesus não condenou a mulher encontrada em adultério, porém, ordenou “não peque mais” (João 8:3-11). Queremos acolher pastoralmente todas as pessoas, auxiliando-as em suas dores e lutas pessoais, sem nos esquecermos, contudo, que Amor sem verdade não procede de Deus.

A Criação nos ensina o perfeito plano de Deus. Nela, Deus escolheu um homem e uma mulher para viverem em Sua presença, como família (Gênesis 2). O pecado destruiu temporariamente o perfeito plano de Deus. Felizmente, o amor de Deus permitiu, em Cristo, abrir-se um caminho para a Reconciliação. No entanto, o amor divino não deve ser entendido como uma autorização para abraçarmos nossas próprias paixões longe dos ensinamentos de Cristo. O Senhor ordenou à Sua Igreja ensinar a “guardar tudo aquilo que tenho mandado” (Mateus 28:20).

Por esta razão, como bispo anglicano e cristão, comunico publicamente que a Igreja Anglicana Reformada do Brasil rejeita qualquer ensino e prática contrária ao Evangelho de Cristo, às Escrituras Sagradas e à catolicidade da Igreja de Jesus. Afirmamos, de modo pleno, o ensino da Bíblia sobre as relações sexuais estarem reservadas, exclusivamente, a serem celebradas dentro do matrimônio entre um homem e uma mulher.

Aproveito para convidar todos a lerem a Carta Pastoral que escrevi sobre a Sexualidade Humana no inicio deste ano, entrando neste link.

http://igrejaanglicana.com.br/anglicanismo-e-sexualidade-h…/

Somos Anglicanos, somos Reformados e Protestantes, seguimos fiéis aos ensinos bíblicos, aos princípios evangélicos, ao Evangelho da Graça, a tradição Anglicana e a catolicidade da Igreja de Cristo.

Revmo. Josep M. Rossello Ferrer
Bispo Diocesano da Igreja Anglicana Reformada
A diocese Sul-americana da Free Church of England